Quando a sorte encontra o achador

Semana XI no litoral de Santa Catarina, Brasil.

Na semana passada trouxe até você fragmentos do que eu chamo de oportunidades escondidas no cotidiano, que foi um pouco da saga de entender onde estava o dinheiro nestes últimos meses para que assim nos tornássemos mais prósperos.

No ano passado falávamos que renda fixa não oferecia mais ganhos reais significativos, nem poupança, seguindo a lógica.

Muitos empresários e investidores de todas as idades iriam ser iniciados na renda variável, bem-vindos.

Um penhasco.

No dia 22 de março de 2020 a bolsa chegava a 63.570 pontos. Um choque para os oportunistas que venderam na baixa, pois dois meses antes estávamos em 118 mil pontos.

Seguidamente vejo pessoas e até livros antigos falando que bolsa é loteria. Para mim não tem nada a ver com loteria, por tanto muito do que é falado e estudado no dia a dia não faz menor sentido para a minha visão sobre os mercados.

Não é brincadeira, vender na baixa é o antídoto do iniciante e a maioria faz isto. Quando ele não sai “excluindo-se” do sistema, reclamando, argumentando. Com a razão de quem acreditava tanto na sua crença que convenceria o mundo que – infalivelmente – em 2 meses já estaria rico. O que sabe-se não deu certo. Porém, eu chamo de antídoto, pois os que ficam, já foram iniciados forçosamente na renda variável e no batimento cardíaco do empresário e empreendedor – quando as coisas não saem conforme o planejado… parte da vida.

Up and up.

Agora a história é outra. Chegamos em dezembro e aos 113 mil pontos. Cerca de 5.000 pontos abaixo do topo histórico. Os 3 principais índices americanos estão no seu tipo histórico. Em seguida o mesmo ocorrerá aqui. Conforme consta na minha bola de cristal fajuta parecem faltar menos de 30 dias… mas o que importa é que até agora 100 mil reais seriam quase 200 mil reais, sem muito esforço, com apenas uma alocação diversificada.

Mas falar sobre o passado é coisa de comentarista e é perda de tempo.

Eu fiz um compromisso com os nossos membros, que é de chegarmos aos 200 mil pontos juntos. Isto não só será a afirmação de uma nova geração de investidores de todas as idades – inteligentes – fazendo o seu próprio dinheiro crescer – sem loteria – como será um alívio para este Brasilzão e todas as classes de contribuintes produtivos, com empregabilidade alta e economia a toda. Estaremos nisto juntos, mas não agora.

Quem voltou?

Como você viu, nem tudo volta mas a bolsa volta – em algum tempo – o Bitcoin também voltou foi dos centavos aos 100.000 reais novamente, quem esperou sem ansiedade os longuíssimos 3 anos viu a multiplicação de dinheiro acontecer.

Como diz o professor DeROSE um buscador não é um “achador”.

Estamos partindo com antecedência.

Boas vindas aos nossos novos membros. Nós estamos partindo com antecedência rumo ao novo mundo, quem estiver conosco em 2021 vai ter a oportunidade de conhecer a minha seleção de negócios e investimentos do futuro. Vamos viver o início da secularização da digitalização e buscar formas de crescer o nosso patrimônio da telinha celular e da poltrona da sala.

Nos próximos anos veremos os bancos centrais mundiais criando as suas próprias moedas digitais? E o papel-moeda? E o dinheiro? O que vai acontecer? Como buscar a sua prosperidade com isto?

Como disse Amyr Klink: Chega uma hora que é preciso parar de sonhar e partir. Ou ainda, o mar não é um obstáculo, é um caminho.

Aproveite para ouvir o episódio 171 prometido e entregue, onde o editor desta Newsletter e o nosso novo Mentor Fabs (NL) conversam e compartilham um visão não muito convencional sobre a COVID e alguns caminhos que poderão direcionar o mundo nos próximos anos. Voltaremos a falar sobre isto.

Acompanhe…

Marcelo.

About the author: Marcelo Marini PRO

https://factual.money/marcelo-marini-diary

Get involved!

Member's Area

Comment

No comments yet