Gente e Processos

O texto é um estudo e foi extraído da entrevista disponível no link, de Abílio Diniz à Vicente Falconi, professor, empresário e guru da administração brasileiro e foi sintetizado através de minhas próprias palavras.

“Não sabendo que era impossível ele foi lá e fez”.

 

Digital-Branding-William-Hertz-Anglo-Abilio-Diniz-Cover

Abílio Diniz, empresário e atleta.

Além de esta ser uma das frases favoritas do empresário Abílio Diniz, ele também a fez em suas próprias experiências de vida, onde realmente transformou a rede de supermercados Pão-de-açucar, na segunda maior rede do país, mesmo passando por extremas dificuldades. O restante da história deste empresário vai muito além, mas o tema aqui é saber como grandes empresários, e o Abílio é um deles, pensam sobre empresas, pessoas e processos.

Abílio já errou muito na vida e nos negócios, e hoje na melhor idade e com uma perspectiva muito diferente do início da sua carreira ele afirma que as decisões mais impactantes que tomou nos negócios foram:

  • profissionalizar a empresa (que necessitara uma re-estruturação);
  • não cometer o mesmo erro duas vezes;
  • trabalhar buscando o consenso;
  • contratar pessoas e empresas com as bases definidas em um contrato onde todos sabem quais são as responsabilidades de cada parte no contrato.

Muito atento às pessoas e aos processos Abílio diz que empresas de sucesso tem gente certa no lugar certo, e assim tudo anda, afinal, quem faz o processo são pessoas e não se faz nada sem gente. Os processos devem estimular as pessoas a ter uma vida feliz e que empresas devem ser o lugar de gente feliz.

Temos que ser feliz como um todo, no esporte, na família, no trabalho, e as empresas devem proporcionar isto, através da meritocracia,  para que as pessoas sintam o resultado do seu trabalho, mas boas empresas começam de um bom RH e não contratando um CEO.

“Eu faço, eu vou ralar, e eu vou ser recompensado”

Para ele empresas do bem não tem clubinhos, conversas de corredor, e assim se faz uma empresa limpa. Mas é muito importante identificar quem são os talentos da empresa, fazer avaliações, deixar que aflorem e surjam, pois empresas de sucesso, tem gestão, liderança e cultura baseada em gente, treinada e capacitada e precisamos ser bons ouvintes para unir tudo isso.

Acreditar nas pessoas é acreditar que todas podem ser formadas, melhoradas, através de treinamentos, mas a estrutura de cada pessoa é difícil de ser trabalhada, por isso deve-se estar atento as contratações para que se contratem pessoas identificadas com a empresa, que aderem à cultura e que chegam na empresa com uma boa estrutura pessoal.

Drivers de humildade, determinação e garra, disciplina e equilíbrio emocional devem fazer um bom empresário, esses são os valores de Abílio Diniz.

Quando fala sobre ser humilde Abílio diz que, ser humilde não é usar roupas simples, é saber ouvir, saber que não se sabe tudo, e saber que é necessário se unir a quem sabe. Afinal, quem não é unido não performa resultado e se exclui.

Você já pensou quais são os seus valores?

Marini, 13 de fevereiro 2016.

About the author: Marcelo Marini Studant PRO

CEO of The Factual Money, Corporate Finance Specialist, businessman, and author of the Marcelo Marini Diary, The Factual Money Newsletter, and Podcast. His thoughts and teachings are followed in North America, South America, and Europe.
To the full experience, become a member.

Read Marcelo Marini's Diary:
https://factual.money/marcelo-marini-dairy/

Get our memos delivered to your inbox:
https://factual.money/subscribe/